Pets no verão: cuidados a tomar

O verão é época de diversão pra todo mundo, inclusive para os pets da família. Por isso, assim como todo mundo, também merece uns cuidados especiais para passar pela estação mais quente do ano de maneira mais confortável e saudável. As altas temperaturas podem ser um problema, mas nada que os tutores desses bichinhos tão queridos não possam resolver com todo amor e carinho.

Confira abaixo algumas dicas para cuidar bem do seu pet no verão:

Passeios: se você for sair com o seu pet para dar uma volta na rua, procure sempre passear em horários mais frescos, como na parte da manhã, antes das 10 horas, ou no fim da tarde, depois das 17 horas. Ainda, confira se o asfalto ou a areia não estão quentes demais, para não queimar as patas do bichinho.

Hidratação em dia: sempre mantenha água fresca à disposição, seja onde for. No calor, você também pode colocar mais potes de água pela casa com uma ou duas pedras de gelo.

No congelador: colocar os brinquedos do pet no congelador pode deixá-los bem mais atrativos quando a temperatura está mais elevada, assim ele brinca e se refresca ao mesmo tempo. Em forminhas de gelo dá pra congelar polpas de frutas permitidas para os bichinhos, o que torna a hora do lanche mais refrescante.

Focinho curtinho: cuidado especial com os pets que têm o focinho menor têm maior dificuldade em respirar e também de liberar o calor do corpo. Eles não transpiram como nós (através da pele), mas sim pelas almofadinhas das patas e pela boca.

Tosa em dia: o pelo mais curto proporciona maior bem-estar e frescor. Também, no verão ocorre um aumento de pulga e carrapato, então é essencial se certificar de que o bichinho esteja imune a essas pragas.

Proteção: tem cachorro que mora no pátio, então é muito importante que ele tenha um espaço na sombra para fugir do calor. Além disso, água fresca à vontade.

 

 

 

 

Travel photo created by freepik – www.freepik.com

Receita: sucos detox para depois das festas

Ah essas festas todas que trazem a mesa farta, com comilança e bebida à vontade! Quando voltamos à rotina, percebemos os resultados desses excessos. Para dar uma equilibrada na saúde e no corpo, sugerimos algumas receitas de sucos detox. Confira abaixo:

Suco roxo
1 beterraba pequena
2 cenouras
1 maçã
Gengibre ralado à vontade
• Bata todos os ingredientes previamente picados no liquidificador e beba imediatamente, sem coar.

Suco de maçã e cenoura
2 talos de aipo
3 maçãs
2 cenouras
• Bata todos os ingredientes previamente picados no liquidificador.

Suco aliviador
4 folhas de alface
200ml chá de erva cidreira gelado
1 limão inteiro
• Bata o alface e o chá de erva cidreira no liquidificador. Esprema o limão e mexa. Se quiser, adoce a gosto com mel ou adoçante.

Suco verde
3 folhas de couve manteiga
3 rodelas de abacaxi
3 rodelinhas de gengibre
100ml de água gelada
• Bata tudo no liquidificador por cerca de três minutos. Ingerir o suco 30 minutos antes das refeições contribui para inibir o apetite.

Suco vitaminado
200ml água de coco
1 cenoura pequena
1 maçã verde com casca
1 folha de couve manteiga
5 folhas de hortelã
• Bata tudo no liquidificador e tome até três copos por dia.

 

 

 

Background photo created by freepik – www.freepik.com

Dicas para a Ceia de Natal

São dois elementos que se destacam na noite de Natal: a decoração e a refeição. Os enfeites espalhados pela casa geralmente são associados à felicidade que essa época carrega, com muitas luzes e cores.

Pode ser bem tradicional, remetendo ao Papai Noel, pinheirinho enfeitado, bolinhas coloridas e pisca-pisca, porém não significa que não há espaço para novidades. A ideia é se divertir decorando! Inove com guirlandas de materiais diferentes, como barbantes coloridos, ou se você possui vasos decorativos pode adaptá-los ao espírito natalino.

Ainda, uma mesa farta de Natal não pode faltar. O peru, o arroz com passas, o panetone de sobremesa… já sabemos o roteiro de cor e salteado. Que tal aproveitar o momento especial para tentar umas receitas diferentonas para a ceia?

Polenta cremosa com camarão e ricota
Ingredientes para a polenta
5 xícaras de farinha de polenta
15 copos de água
5 colheres de queijo ralado
Sal a gosto
Ingredientes para os camarões
20 camarões grandes
Uma colher de alho
5 colheres de Azeite
Duas colheres de manteiga
Licor ou conhaque
Ingredientes para a ricota
500g de ricota com pimenta do reino e sal a gosto
Modo de preparo
– Em uma panela, deixe a água ferver e cozinhe a polenta por cerca de 30 a 40 minutos, até que ela fique bem homogênea. Adicione o sal e o parmesão e deixe ficar em temperatura morna.
– Em uma frigideira, coloque o azeite e deixe esquentar bem. Coloque os camarões e o alho, com cuidado para não deixar queimar. Coloque um pouco do conhaque e, após estarem cozidos, coloque a manteiga e deixe formar um creme.
– Coloque no prato a polenta com os camarões e, por cima, a ricota em pedaços.

Brownie de Natal
Ingredientes
100g de manteiga
170g de chocolate meio amargo
1/2 xícara de açúcar
2 ovos
1 xícara de farinha de trigo
300ml de creme de leite fresco gelado
2 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro
300g de morangos sem folhas para decorar
Modo de preparo
– Primeiro, derreta o chocolate e a manteiga em banho-maria. Quando ambos estiverem derretidos, retire do banho-maria e coloque o açúcar. Adicione os ovos mesclando com um fouet. Finalize colocando farinha.
– Despeje a mistura em uma forma untada e asse no forno preaquecido 180°C por 20 minutos. – Espere esfriar. Corte em quadradinhos mais ou menos do mesmo tamanho.
– Para o chantilly, misture o creme de leite e o açúcar na batedeira até virar uma creme uniforme. Coloque em um saco de confeitar e comece a montagem.
– Em cada pedaço do doce, coloque uma camada de chantilly e um morango por cima, finalizando com uma pitada do creme na ponta do morando, como se fosse um chapéu de Papai Noel.

 

 

 

 

Christmas photo created by senivpetro – www.freepik.com

Dicas pra parar de fumar

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, aproximadamente 6 milhões de pessoas morrem a cada ano em decorrência do consumo de tabaco, sendo que mais de 600 mil mortes são por conta de alguma doença relacionada ao cigarro.

Para quem quer salvar a sua vida e, consequentemente, de quem está perto, parar de fumar é a exigência. Não é uma tarefa fácil, com certeza. Mas a força de vontade e a decisão de estar fazendo o possível para ser uma pessoa mais saudável recompensarão ao final. De brinde, chega de ficar soltando fumaça (perigosa) próximo aos outros, chega de cheio ruim nas roupas, chega de hálito péssimo.

Entre as diversas opções que existem no mercado, que tal dar uma chance para alternativas mais naturais e mudanças de comportamento para atingir seu objetivo? Confira abaixo:

Dieta: como café, álcool e carne vermelha podem ajudar a melhorar o gosto do cigarro, consequentemente o fumante tem ainda mais vontade de fumar. Em contrapartida, frutas, legumes, sucos naturais e leite adicionados à alimentação podem ajudar, além de promoverem um hábito mais saudável. Outra dica essencial é a ingestão de gengibre. Ele ajuda a evitar náuseas, muitas vezes sentidas por quem para de fumar. Pode ser consumido em comprimidos, cápsulas ou chá.

Líquidos: a água é um desintoxicante natural, que ajuda no processo de eliminar a nicotina de quem está parando de fumar. Ela limpa seu organismo mais do que qualquer outro líquido e neutraliza alguns efeitos nocivos do tabaco e da nicotina. Já o suco de uva é outro exemplo de algo que auxilia na eliminação de toxinas do corpo, pois possui ácidos que ajudam nesse processo.

Exercícios físicos: estudos feitos comprovaram que vontade e dedicação para largar o vício dobram quando exercícios praticados regularmente. Eles devem ser relacionados a exercícios aeróbicos, feitos cinco vezes por semana, sendo rigorosos para deixar a frequência cardíaca lá em cima. Lutas marciais também são válidas.

Tecnologia: existem diversos aplicativos para seu celular que podem ajudar nesse momento. Eles servem de incentivo e monitoramento, acompanhando o progresso do ex-fumante e o mantendo motivado a continuar sua luta.

Zen: acupuntura e meditação podem ser armar letais contra o vício. A primeira alivia os sintomas abstinência da nicotina, como nervosismo e irritação, além de ajudar a reduzir a vontade de fumar. A segunda, colabora pra aliviar o sofrimento psicológico e estresse.

Confiança: Acreditar em si mesmo é a chave para o sucesso. Coragem e determinação farão que essa transição seja mais suave. E ninguém deve se sentir super culpado se houver uma recaída: elas são normais. Não é por isso que se deixa de lado a vontade de parar com esse vício horrível.

 

 

 

 

 

Background photo created by freepik – www.freepik.com