A criançada precisa de estímulo constante para terem uma formação saudável e ativa. Reunimos abaixo algumas dicas para os pais que querem unir o útil ao agradável, ou seja, brincadeiras e aprendizado. Isso ajuda no desenvolvimento cognitivo da gurizada, trabalhando coordenação motora e memória, por exemplo.

1) Brincar de esconde-esconde: é a famosa brincadeira do “achou”: os pais colocam um pano ou as mãos na frente do rosto para se esconderem e depois aparecerem de novo. Para os bebês, dá uma noção de tempo e espaço que vai ser útil para o resto da vida.

2) Cozinhar: juntar a família para cozinharem todos juntos vai além da diversão do momento em comum. Também é aprendizagem, com as crianças aprendendo sobre quantidades na hora de separar os ingredientes, volume e peso quando lidam com farinha e manteiga…

3) Tarefas de casa: dividir as tarefas e ajudar, respeitando as limitações dos pequenos, a arrumar a cama e a guardar brinquedos e peças de roupa, por exemplo, colabora com a sensação de inclusão, de fazer parte da família. Ainda, há as vantagens motoras de realizar trabalhos físicos.

4) Bichinhos de estimação: essa interação colabora para com que a gurizada crie vínculos de cuidado, respeito e senso de responsabilidade. Dá, ainda, para aprender sobre solidariedade, adotando um animalzinho abandonado.

5) Passeios: na praia, a criança encontra um paraíso de estímulos ao colocar a areia na pá para jogar no baldinho e construir castelos, desenvolvendo habilidades manuais e a coordenação motora. No parque, é possível aproveitar o ambiente para trabalhar referências de distância entre as árvores ou a altura delas. Um piquenique também é uma ótima pedida: pode ensinar a importância do planejamento, da divisão de tarefas e do trabalho em equipe.

 

 

 

 

People photo created by yanalya – www.freepik.com

Escrever um comentário